terça-feira, 25 de abril de 2017

Há Conversa... Na UA!



A Associação BioLiving, em parceria com o Programa de Tutoria / PT-UA e com o apoio do programa Ciência e Cultura no Ingresso ao Ensino Superior da Ciência Viva, tem o prazer de anunciar o projeto +Estudante +Cidadão +Aveiro.

+Aveiro (acrónimo) dirige-se aos alunos da Universidade de Aveiro, principalmente os do primeiro ano, e tem como objetivo promover a cultura científica e a cidadania na academia aveirense. 

Ao longo deste ano iremos apresentar muitas atividades e a primeira é já no dia 26! Apresentamos o #HáConversa, que será uma tertúlia informal mensal onde os alunos podem falar abertamente com o convidado sobre os mais diversos temas. Dia 26 de abril teremos a primeira tertúlia às 21h na reitoria (Sala do Senado) com José Carlos Mota, professor e investigador no Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território da UA, que nos falará sobre uma “Academia participativa para uma cidadania mais activa”.

Teremos um lanche para acompanhar esta conversa. As vagas são limitadas e as inscrições, grátis, devem ser feitas aqui: https://tinyurl.com/lzrgnpd



segunda-feira, 24 de abril de 2017

Passeio de Barco Portas de Rodão 21 de Maio

Um programa diferente para fazer com a família no próximo dia 21 de Maio.
Partida da Freineda, com passagem na Guarda, Belmonte e Castelo Branco.
Passeio de barco, autocarro, seguro e almoço só por 29 euros....
Inscrições e informações : 924433370


sábado, 22 de abril de 2017

JORNADA MICOLÓGICA NO SOITO


A segunda jornada micológica, no âmbito do programa “Cogumelos do Côa”, vai realizar-se no próximo dia 14 de maio, na vila do Soito, com o objetivo de dinamizar a micologia, valorizando os cogumelos silvestres como uma importante atividade económica do concelho e promovendo a sustentabilidade da atividade através do conhecimento e educação ambiental.
Esta jornada micológica, da qual faz parte um passeio e almoço micológico, é uma organização conjun...ta do Município, no âmbito da “Sabugal + Valor”, Junta de Freguesia do Soito e ADES – Associação Empresarial do Sabugal, contando a mesma com a presença do engenheiro Gravito Henriques, especialista em micologia.
As inscrições podem ser feitas na sede da Junta de Freguesia do Soito ou através do email: sabugalmaisvalor@gmail.com.


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Questionário sobre Agricultura e Pastagens em Portugal: Projeto MediNet

O Projeto Medinet é um projeto financiado pelo Programa LIFE,  que tem como parceiros nacionais a Agência Portuguesa de Ambiente e o Instituto Superior Técnico, e que pretende melhorar as estimativas dos contributos das culturas e dos sistemas agrícolas da Região Mediterrânica na mitigação das Alterações Climáticas.

Este questionário é o primeiro passo nesse esforço e tem como objetivo identificar quais os tipos de culturas e práticas de gestão que são mais relevantes nos países do Mediterrâneo. Este questionário está a ser enviado a colegas de Itália, Portugal, Espanha, Croácia, Grécia, Malta, Chipre, Eslovénia e França. Contudo, pedimos-lhe que responda tendo em mente apenas o contexto português e NÃO a totalidade da região mediterrânica.

Este questionário servirá dois propósitos:
(1) identificar as principais culturas e práticas de gestão no Mediterrâneo; e
(2) priorizar os esforços que o projeto fará na procura de melhores fontes de informação para estimar emissões e sumidouros em culturas agrícolas e pastagens mediterrânicas.

O próximo passo do projeto consistirá em procurar e identificar as melhores fontes de informação sobre as áreas, a biomassa e os teores de matéria orgânica do solo presentes nas culturas mais representativas e como as práticas de gestão afetam esses valores.
Por favor responda ao questionário (tempo estimado 20 a 25 minutos) e encorajamo-lo a partilhá-lo com outros colegas ou instituições que conheçam a realidade agrícola, de pastagens e de matos em Portugal e que possam estar interessados em participar.

Este é o link que lhe dará acesso ao questionário MediNet:
Anexamos também um dicionário dos termos usados no questionário para facilitar o preenchimento do mesmo.

Muito obrigado pela sua colaboração.
O questionário estará disponível online até 11 de Abril.


Para se manter informado sobre o Projeto MediNet, veja sff as nossas páginas internet e Facebook

quinta-feira, 6 de abril de 2017

BALADI promove Seminário “Atitudes de Gestão Valorativa dos Activos nas Áreas Comunitárias”



A BALADI – Federação Nacional dos Baldios promove, no próximo dia 8 de Abril, na Lousã, o Seminário “Atitudes de Gestão Valorativa dos Activos nas Áreas Comunitárias”.

A iniciativa realiza-se no âmbito do projecto de informação técnica económica e organizacional para o desenvolvimento dos territórios rurais e decorre no Clube Recreativo Vilarinhense na Lousã, tendo início às 14h00.

As inscrições são obrigatórias e podem ser feitas por telefone (259 348 151 ou 913 815 389) ou por e-mail (baladi.baldios@gmail.com ou geral@baldiosvilarinho-lsa.pt).

- Cartaz / Programa

quarta-feira, 5 de abril de 2017

II Jornadas Apícolas Apisfilanis

Formação em Desdobramentos, recolha e processamento pólen, Alimentação apícola e sanidade (com apresentação possivelmente de um novo produto para Varroa), Extração e Comercialização Própolis.



ObservaRia - Estarreja Birdwatching Fair

A feira dedicada ao birdwatching e turismo de natureza está a chegar... 6 a 9 de abril no BioRia, Município de Estarreja!
Consulte o programa [http://bit.do/programaObservaRia17] e inscreva-se [ http://bit.do/observaria ]!

Mais de 40 expositores e um total de 50 atividades, entre as quais 12 palestras, 4 exposições, 20 workshops e atividades de campo, vários ateliês pedagógicos para crianças, atividades específicas para o público escolar, em permanente contacto com a natureza, compõem o programa recheado e atrativo para especialistas, profissionais e população em geral.

Entre 6 a 9 de abril, no BioRia, em Salreu, a 3ª ObservaRia – Estarreja Birdwatching Fair promete revelar os maiores segredos da vida selv...agem.

Este ano, a feira concentra-se no BioRia, junto ao Esteiro de Salreu, porta de entrada para uma zona considerada por muitos como um verdadeiro santuário natural, onde ocorrem aves emblemáticas como a garça-vermelha, a águia-sapeira ou o peneireiro cinzento, para além das espécies mamíferas como por exemplo a lontra.

Estarreja é um destino privilegiado pela excelência dos seus habitats que são autênticas maternidades para espécies protegidas, como por exemplo a Garça-vermelha.

Estarreja, a Natureza mora aqui!

Local: Esteiro de Salreu
Centro de Interpretação Ambiental de Salreu e Percursos BioRia

Info: BioRia/ Câmara Municipal de Estarreja
T. +351 234 840 600 | 96 277 44 66
E. observaria@cm-estarreja.pt
Website www.bioria.com

Organização: Câmara Municipal de Estarreja e ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

Todos os caminhos vão dar ao ouro 9 de Abril Penamacor



https://www.facebook.com/events/397155823973115/

terça-feira, 4 de abril de 2017

PINUSPRESS 35

pinuspress 35

já disponível


O boletim em papel do Centro PINUS encontra-se a chegar às mãos de leitores distribuídos por todo o país.

Nesta edição divulgam-se projetos inovadores de condução de regeneração natural e apresenta-se mais uma empresa da Fileira do Pinho, a MTL – Madeiras Tratadas Lda.

Clique aqui para visualizar ou fazer download de uma cópia digital.

Se prefere ler o PINUSPRESS em papel basta enviar a morada para info@centropinus.org.
 
Encontre esta e outras notícias em www.centropinus.org

Começa Hoje! Exposição e discussões sobre florestas energéticas e o mercado de biomassa

6ª Feira da Floresta inicia nesta terça
Além da área de exposição, feira realizada em Gramado começa com discussões sobre Florestas Energéticas e o mercado de biomassa

Gramado recebe a partir desta terça-feira, dia 04, a sexta edição da Feira da Floresta, Centro de Eventos Expogramado. O evento na Serra Gaúcha com expositores da cadeia produtiva de base florestal prossegue até o dia 06 de abril, numa realização da Futura Feiras e Empreendimentos, com apoio e parceria com entidades do setor.

No seu primeiro dia, a programação inclui o 2º Biomassa Florestal e Energia RS, para apresentar aos mercados produtores de biomassa florestal, indústria e consumidores de insumos energéticos, o momento atual no Brasil e no Mundo, do potencial desta para produção de pellet, briquetes e outros de base florestal.

Estarão presentes especialistas como o canadense Markus Lehmann, consultor internacional do mercado de biomassa e pellets. Além dele, participam pesquisadores da Universidade Federal de Viçosa-MG, Univates, USP e Embrapa, sendo também apresentados cases de empresas gaúchas e da Europa. O encerramento da programação conta com a participação da Secretaria Estadual de Minas e Energia.

O atual cenário do setor de base florestal favorece e propicia a realização da 6ª Feira da Floresta, voltada à produção florestal e cadeias produtivas, oportunizando a realização de negócios, da semente aos manufaturados. A entrada na Feira será gratuita com cadastramento dos visitantes no local ou pré-cadastramento por internet. Mais informações em www.feiradafloresta.com.br.

A 6ª Feira da Floresta tem patrocínio de CMPC Celulose Riograndense, Ibá – Indústria Brasileira de Árvores, Senar/RS e Swan Hotéis.

Na quarta e quinta-feira prossegue a programação paralela à Feira com eventos pertinentes ao setor, bem como palestras e atividades sócio ambientais, organizados em parceria com as demais entidades promotoras e apoiadoras, promovendo o conhecimento técnico, científico, sócio ambiental, mercadológico e o reconhecimento à inovação e a contribuição a cadeia produtiva de base florestal.

São também parte da programação paralela:

- 4º Ciclo de Palestras para Produtores Rurais, realizado nas manhãs de quarta e quinta-feira, trazendo conhecimento acerca de oportunidades de renda e sustentabilidade para as propriedades rurais;

- 2º Simpósio Gaúcho da Madeira,  realizado nas manhãs de quarta e quinta-feira, com o objetivo de trazer temas capazes de motivar e capacitar as indústrias da madeira a buscar e investir em novas tecnologias de produção, estudos de marcado, diversificação de produtos com agregação de valor e através do aumento da produtividade garantir a sustentabilidade da atividade;

- Espaço Mundo da Madeira, destinada aos industriais da madeira, comerciantes, profissionais (designers, arquitetos, engenheiros), artesões, fabricantes de artefatos de madeira para exposição de produtos e serviços inclusive com Rodada de Negócios.

- 2º Prêmio Feira da Floresta, realizado no final do dia de quarta-feira reconhecendo produtores, indústrias, inovação em marcenaria e imprensa especializada.

- Reunião das Associações Integrantes da Ibá – Indústria Brasileira de Árvores, realizada na manhã de quarta-feira, com participação da Associação Gaúcha de Empresas Florestais e suas de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Bahia.

- Reunião da Câmara Setorial das Florestas Plantadas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, marcada para a tarde do dia 5 abril, sendo a única programada para ocorrer fora de Brasília em 2017. Participam da câmara órgãos do governo, entidades do setor e instituições de pesquisa e desenvolvimento. A reunião de Gramado será aberta a interessados.



SOBRE A FUTURA FEIRAS

A Futura Feiras e Empreendimentos foi criada em 2008 por Nilvia Röhrig e Roque Justen, ambos com larga experiência no setor florestal, buscando a inovação e integração da cadeia de produtiva de base florestal. A primeira edição da Feira da Floresta aconteceu em Gramado no ano de 2009, sendo as edições seguintes repetidas na cidade até o ano de 2012. Nova Prata sediou a última edição em 2015, quando a Feira aconteceu junto com o Congresso Florestal do RS.

 
---------
Assessoria de Imprensa 6ª FEIRA DA FLORESTA
Álvaro Bueno
51 3330-9236 / 51 99829-0782

Bolsa de Investigação para Mestres


Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro - Vila Real
Bolsa de Investigação para Mestres

(1 vaga) REFERÊNCIA: BIM/UTAD/6/2017 Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação para Mestres no âmbito do projeto de I&D “INTERACT: Environmental Sustainable Agro-Forestry Systems” - Linha BEST, com a referência BIM/UTAD/6/2017, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, financiado por NORTE 2020, nas seguintes condições: Área Científica: Earth and Atmosphere Sciences Requisitos de admissão: 1.º - Habilitação Académica mínima de Mestrado nas áreas das Ciências do Ambiente, Sistemas de Informação Geográfica, Biologia e Engenharia Biológica, Ciências Agronómicas e Florestais, Engenharia Civil e áreas afins; 2.º - Conhecimentos a nível de recursos hídricos superficiais; 3.º - Conhecimento a nível de poluição e qualidade de meios hídricos; 4.º - Experiência em análises univariadas e multivariadas e utilização avançada de folhas de cálculo; 5.º - Modelação estatística na componente ambiental envolvendo SIGs; 6.º - Apresentações em conferências relacionadas com as áreas abrangidas pelo projeto; 7.º - Capacidade de trabalhar independentemente; 8.º - Publicação de artigos em revistas internacionais (JCR) relacionadas com a área do concurso; 9.º - Domínio do Inglês escrito e falado; 10.º - Dinamismo, espírito de equipa, elevado sentido de responsabilidade, organização e método; 11.º - Domínio avançado de conceção e utilização de SIGs. * fator eliminatório Plano de trabalhos: O bolseiro integrará a equipa que está na base do plano de trabalhos do projeto de investigação recentemente aprovado intitulado “INTERACT - Environmentally Sustainable Agro-Forestry Systems”. Estas bolsas visam dar resposta, numa perspetiva multidisciplinar, às seguintes linhas de investigação: Ação 1: Agro-forestry, biodiversity, climate and human changes e Aquatic ecosystems in altered catchments: Ecosystems dynamics, ecological assessment and rehabilitation. Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de Agosto (Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT, I. P., aprovado pelo Regulamento nº 234/2012, publicado na II Série do Diário da República de 25 de junho de 2012, alterado e republicado pelo Regulamento nº 326/2013, publicado na II Série do Diário da República de 27 de julho de 2013 e alterado pelo Regulamento nº 339/2015, publicado na II Série do Diário da República de 17 de junho de 2015 e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – Despacho RT.36/2011, de 6 de Julho, do Sr. Reitor, publicado em Diário da República pelo Despacho Nº 9157/2011 (II Série), de 19 de Julho. Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no(a) Departamento de Engenharias da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, sob a orientação científica do Professor (a) Doutor (a) Luis Filipe Sanches Fernandes. Duração da (s) bolsa (s): A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em abril de 2017. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo de 14 meses. Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a €980, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores). A periodicidade de pagamento da bolsa é mensal e através de depósito bancário, cheque ou outra modalidade equivalente. Métodos de seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão os seguintes: Avaliação curricular, Experiência profissional na área e Entrevista (será realizada apenas aos candidatos com nota positiva nos critérios de avaliação acima descritos), com a respetiva valoração de 40%, 40% e 20%. Composição do Júri de Seleção: Presidente - Luis Filipe Sanches Fernandes Vogal - Fernando António Leal Pacheco Vogal - João Paulo Fonseca Da Costa Moura Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada Nota Final afixada no(a) Página Campus Online da UTAD (http://www.campus.utad.pt/bolsasinvestigacao/candidatura), sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail. Caso a decisão a tomar seja desfavorável à concessão da bolsa requerida, os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis, após a divulgação referida, para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia, nos termos previstos no Código do Procedimento Administrativo. Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 22 de março a 4 de abril de 2017. As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de formulário de candidatura acompanhado dos seguintes documentos: Cópia do(s) certificado(s) de habilitações, Curriculum Vitae do bolseiro detalhado [comprovando os requisitos acima referidos] e Indicação dos seguintes dados: nº de cartão de cidadão, nº de identificação fiscal (NIF), data de nascimento, contacto de telemóvel e endereço de correio eletrónico. Caso não seja cidadão nacional, deve ser apresentada uma cópia do documento de viagem válido (passaporte e visto). A candidatura deverá ser efetuada através da Página do Campus Online da UTAD, na secção de Bolsas de Investigação, seguindo as seguintes indicações: • Aceder à Página do Campus Online da UTAD: www.campus.utad.pt e selecionar a opção Bolsas de Investigação. Ou aceder diretamente a www.campus.utad.pt/bolsasinvestigacao/lista. • Selecionar a bolsa à qual se pretende candidatar. • Ao selecionar a opção “Candidatar” será reencaminhado para a página de candidatura na qual deverá preencher e submeter o respetivo formulário. O/a candidato/a tem direito a igualdade de oportunidades e de tratamento, não podendo ser privilegiado/a, beneficiado/a, prejudicado/a, privado/a de qualquer direito ou isento/a de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.


segunda-feira, 3 de abril de 2017

8º congresso florestal nacional página oficial já disponível    


8º congresso florestal nacional
página oficial já disponível

 

A página oficial do 8º Congresso Florestal Nacional encontra-se agora disponível aqui.

Recorda-se que decorrerá de 11 a 14 de outubro de 2017, em Viana do Castelo.

Encontre esta e outras notícias em www.centropinus.org

Engenheiro Florestal-Coord. Equipa Campo (M/F)

Descrição da Empresa

Empresa com actividade agro-florestal, essencialmente vocacionada para o montado de sobro, responsável pela exploração de um conjunto de herdades, com base no distrito de Santarém, pretende reforçar a sua estrutura.


Descrição da Função

Reportando directamente à Direcção Geral, o profissional terá como missão:
- Acompanhamento de operações florestais no terreno;
- Planeamento e controlo de custos das operações de campo;
- Supervisão das equipas de trabalho de campo;
- Manutenção e actualização das bases SIG;
- Elaboração de candidaturas e acompanhamento de projectos a incentivos públicos e a linhas de financiamento.


Perfil do Candidato

- Licenciatura em Engenharia Florestal;
- Experiência mínima de 5 anos em funções semelhantes (responsável equipas de campo);
- Espírito de equipa e capacidade de relacionamento interpessoal;
- Capacidade de organização e orientação para cumprimento de objectivos e prazos estabelecidos;
- Capacidade de análise e espírito crítico;
- Preferência por profissionais residentes na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Requisitos obrigatórios:
- Sólidos conhecimentos em Sistemas de Informação Geográfica;
- Elaboração de candidaturas e acompanhamento de projectos a incentivos públicos e a linhas de financiamento;
- Sólidos conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
- Inglês fluente.


Oferta

Condições salariais:
- A propor em função dos requisitos preenchidos e da experiência profissional demonstrada.
- Possibilidade de residência no local de trabalho.


Contato

Todas as candidaturas serão analisadas até dia 28 de Abril de 2017, e todos os candidatados seleccionados para a primeira fase do processo de recrutamento serão contactados.

Caso não seja contactado/a até essa data, a sua candidatura ficará na nossa base de dados para que possa ser considerada noutros processos de recrutamento.

Respostas através do site Expresso Emprego.

Bolsa de Pós-Doutoramento



1 (uma) Bolsa de Pós-Doutoramento

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Pós-Doutoramento no âmbito do Projecto BIOTECH II, Programa de apoio ao desenvolvimento de biotecnologias no MERCOSUL / no Instituto Superior de Agronomia (Centro de Estudos Florestais) nas seguintes condições:

Área Científica : Ciência e Tecnologia da Madeira

Requisitos de admissão : os candidatos deverão preencher os seguintes requisitos: Doutoramento em Engenharia Florestal ou afins. Interesse em aprofundar os conhecimentos em análises químicas de materiais lenhocelulósicos, preferencialmente com técnicas não destrutivas ou minimamente invasivas: Pirólise analítica (Py-GC/MS e PyGC/FID) e espectroscopia de infravermelho próximo (NIR) e médio (FTIR).

Plano de trabalhos :
Caracterização química de amostras (calibração e validação) cobrindo o intervalo de variação para cada parâmetro. Análise do teor de extrativos em etanol e agua, caracterização do teor de lenhina (Klason e solúvel), celulose diglyme e S/G.

O primeiro objetivo é o desenvolvimento conjuntos de amostras (de calibração e validação) caracterizadas para o desenvolvimento de modelos PLS-R baseados no NIR. O segundo objetivo é o desenvolvimento dos modelos propriamente ditos e o objetivo final é a caracterização das populações de melhoramento genético de eucaliptos da Argentina, Paraguay e Uruguay .

Legislação e regulamentação aplicável: Lei Nº. 40/2004, de 18 de Agosto, alterado e republicado pelo Decreto-Lei nº202/2012 de 27 de Agosto, pelo Decreto-Lei nº 233/2012, de 29 de Outubro, pela Lei nº 12/2013, de 29 de Janeiro, e pelo Decreto-Lei nº 89/2013, de 9 de Julho (Estatuto do Bolseiro de Investigação), e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Lisboa, publicado através do Despacho (extrato) nº 6977/2015, de 23 de Junho, Diário da Republica, 2ª série – nº 120.

Local de trabalho : O trabalho será desenvolvido no Centro de Estudos Florestais do Instituto Superior de Agronomia, Universidade de Lisboa, sob a orientação científica do Doutor José Carlos Rodrigues.

Duração da(s) bolsa(s) : A bolsa terá a duração de 8 meses com início previsto em Maio de 2017.

Valor do subsídio de manutenção mensal : O montante da bolsa corresponde a €1495, conforme tabela de valores no Regulamento de Bolsas de Investigação da Universidade de Lisboa. O Pagamento será feito através de transferência bancária.

Métodos de selecção : Os métodos de selecção e seriação dos candidatos, que preencham os requisitos, serão os seguintes: avaliação curricular, podendo eventualmente existir uma entrevista em caso de empate na avaliação curricular.

Composição do Júri de Selecção : Doutor José Carlos de Carvalho Rodrigues, Investigador Auxiliar com Habilitação, CEF/ISA/UL (Presidente do Júri); Doutora Teresa Quilhó Marques dos Santos, Investigador Auxiliar, CEF/ISA/UL (Vogal efetivo); Doutor José Afonso Rodrigues Graça, Professor Auxiliar com Agregação, CEF/ISA/UL (Vogal efetivo); Doutora Otília Carvalho LEAF/ISA/UL (Vogal suplente).

Forma de publicitação/notificação dos resultados : Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada alfabeticamente, afixada em local visível e público do Centro de Estudos Florestais, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de e-mail.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas : O concurso encontra-se aberto no período de 21 de Março a 3 de Abril de 2017 . As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio, por correio eletrónico (jocarod@isa.ulisboa.pt), de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae e certificado de habilitações e outros documentos comprovativos considerados releva ntes.

domingo, 2 de abril de 2017

Extensão Cine Eco de Seia | 08 de abril | 17h | Canas de Senhorim


Está a chegar o novo Festival de Natureza de Portugal


Co-organizado pelo Projeto Life Rupis e pela Camara Municipal de Miranda do Douro, em junho de 2017 daremos vida à primeira edição do ObservArribas - Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza das Arribas do Douro.
Este evento de Natureza, que visa animar Miranda do Douro e ligar, ainda mais as atividades de Natureza em Portugal e Espanha. A forte aposta no turismo, aliado à época alta de verão e aos encantos e produtos únicos da região, tornam a BTL o momento ideal para esta apresentação ao público.

Ajude a Natureza


Almaraz sessão de esclarecimento 8 de Abril Cartaxo

No próximo dia 8 de Abril, a Eco-Cartaxo, em parceria com o Município do Cartaxo irá realizar uma sessão de esclarecimento e debate, aberta a toda a população, na qual se pretende
elucidar os presentes acerca dos diversos problemas provocados pela Central Nuclear de Almaraz e pela radioatividade, assim como de como nos prevenirmos em caso de acidente.
Centro Cultural do Cartaxo às 15h.
Apelamos à vossa participação e divulgação do cartaz que enviamos em anexo.

Acção de Informação 3 de Abril 2017

Se se candidata a ajudas agrícolas (Pedido Único), já deve ter sido alvo de acções de verificação/fiscalização!
Não perca esta oportunidade!!
Conheça melhor as regras de condicionalidade que tem de cumprir!!
...
Aproveite para esclarecer as suas duvidas.
Acção a realizar dia 3 de Abril a partir das 14 horas, instalações da Côaflor.
Entrada LIVRE!!


sábado, 1 de abril de 2017

Curso de construção, gestão e monitorização de charcos para vida selvagem




No âmbito do projeto LIFE Club de Fincas, a Associação Transumância e Natureza, em parceria com o projeto Charcos com Vida, organiza um Curso de construção, gestão e monitorização de charcos para vida selvagem, a realizar nos dias 22 e 23 de Abril de 2017.

O curso intensivo conta com a presença do formador Jael Palhas, Mestre em Ecologia Aplicada pela Universidade de Coimbra, que tem desenvolvido diferentes trabalhos dedicados ao estudo de anfíbios e zonas húmidas. O programa realiza-se em Figueira de Castelo Rodrigo e inclui módulos teóricos e práticos para aprender a construir e caracterizar charcos e monitorizar a sua fauna. Os módulos práticos serão realizados na Reserva da Faia Brava e na sua área de influência.

Para mais informações e inscrições por favor contacte: geral@charcoscomvida.org ou 918846818

Pode preencher a sua folha de inscrição aqui.

Ponto de encontro: Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo


PROGRAMA DO CURSO

Dia 1 – 22 de Abril, sábado

09h00 - Receção dos participantes.
09h15 - Apresentação da Campanha Charcos com Vida e do LIFE Club de Fincas - Introdução às características e importância dos charcos e da biodiversidade associada.
10h00 - Sessão teórica 1: Charcos (tipologias, importância e biodiversidade).
11h00 - Pausa para lanche.
11h30 - Apresentação teórica 3: Inventário, Caracterização e Monitorização de Charcos.
12h30 - Pausa para almoço*.
14h00 - Sessão prática 1: Inventário e caracterização de charcos
19h00 - Pausa para jantar*.
20h30 - Sessão prática 2: Saída de campo noturna para monitorização de fauna
(OPCIONAL).

Dia 2 – 23 de Abril, domingo

9h30 - Sessão teórica 4: Criação de charcos (escolha do local, planeamento, escavação e colonização).
10h30 - Sessão teórica 5: Gestão de charcos (ciclo de vida de um charco e manutenção).
11h00 – Sessão prática 3: Planeamento e desenho de um charco.
12h00– Pausa para almoço*.
14h00 -Sessão prática 4: Construção e impermeabilização de um charco na Reserva da Faia Brava.
18h00 – Encerramento.


* O transporte e as refeições são da responsabilidade dos participantes. Os participantes deverão trazer consigo o jantar de sábado uma vez que não existe qualquer local para compras ou abastecimento perto do local onde estaremos.

sexta-feira, 31 de março de 2017

FSC® Portugal inicia novo triénio de actuação


FSC® Portugal inicia novo triénio de actuação

Durante o dia de ontem, 30 de Março, realizou-se a Assembleia Geral da Associação para uma Gestão Florestal Responsável (FSC Portugal), onde foram eleitos os órgãos sociais para o quarto triénio de actuação desta Entidade (2017-2020).

Durante os próximos três anos, a Presidência da Direcção será assegurada pela LPN – Liga para a Protecção da Natureza, e a Vice-Presidência pela SONAE Indústria P.C.D.M. São ainda parte da Direcção entidades como a FilCork, a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, a Altri Florestal, Forestis – Associação Florestal de Portugal, a WWF – World Wide Fund For Nature, o Centro Pinus - Associação para a Valorização da Floresta de Pinho, e a SPCF – Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais.

Relativamente aos restantes Órgãos Sociais, integram a Assembleia Geral a CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal, a SPEA – Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, e a APCOR – Associação Portuguesa da Cortiça. O Conselho Fiscal é composto por ANEFA - Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente, o RAIZ – Instituto de Investigação da Floresta e do Papel, o CEABN – Centro de Ecologia Aplicada Prof Baeta Neves, a The Navigator Company, a ANPC - Associação Nacional de Proprietários e Produtores de Caça, e Filipa Gouveia, a título individual. A Comissão de Conflitos é constituída pela Ordem dos Engenheiros, Luís Rocharte e João Soares, estes últimos a título individual.

Neste triénio que agora se inicia, pretende-se dar continuidade ao bom trabalho exercido pelos corpos sociais nos mandatos anteriores, assegurando um enfoque na manutenção de uma base normativa sólida e adequada ao contexto nacional, mas estendendo as áreas de intervenção aos temas de Desenvolvimento de mercado e à comunicação com a Sociedade Civil.

Mantém-se ainda a ambição de estreitar o relacionamento com o FSC Internacional, principalmente nos temas mais críticos para Portugal – revisão do sistema FSC ao contexto dos pequenos proprietários e avaliação do impacto ambiental e social do FSC nos espaços florestais.

16.º BTT Almeida

  1. Inscrições em:
  2. http://apedalar.pt/eventos/info/1190



terça-feira, 28 de março de 2017

FLORESTA SEM FRONTEIRAS NO MONTEMURO E PAIVA

Castro Daire, dia 31 de Março. Estaremos lá a apresentar o plano de reabilitação da Fábrica de Resinas de Figueiredo de Alva!